quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Dias e dias sonhando com você ...
Com suas mãos suaves e fortes ao mesmo tempo
Com seus olhos azuis de céu e seu jeito de menino pidão.
Dias e noite sonhando com aquelas noites sem fim ,
com seu jeito de alisar os meus cabelos e de beijar a minha boca
Sonhando o sonho de começar tudo de novo
Não esqueço um só instante do seu jeito manso de tirar a minha roupa ,
peça por peça,e de me deitar sobre as almofadas suavemente
E da maneira só sua de ficar me olhando,olhos nos olhos,fazendo queimar minhas entranhas
Acariciando meus seios,dizendo palavras obscenas em meu ouvido e beijando meu corpo
Todo o meu corpo...sem deixar de rir dos meu umbigo.
Até me fazer implorar para que me possuisse,chorar de prazer, e deitar-se ao meu lado
Ofegante e suado,mas ainda me cobrindo de beijos e baixinho dizer:Eu te amo!

9 comentários:

Bruna disse...

Uiia...

que texto heim??

fico trise por saber que seu relacionamento acabou....mas desejo de todo meu coração que vocês voltem...
eu não sei o que seria da minha vida sem o meu namorado querido...

mas é claro, estou preparada caso o pior aconteça!!!

fiquei muito feliz com sua visita e vou te linkar para te acompanhar tbm!!

grande abraço!

Bonequinha de Luxo disse...

Olá
Belo texto...e espero que vc consiga reencontrar o seu amor e reviver tudo outra vez!

obrigada pela visita!volte sempre!

bjs

Vênus disse...

Obrigada pela visita e pelos votos de felicidade...Vc é linda e seu dia chegará...
gostei muito do seu Blog e vou acompanhá-lo,pk?

bjs

Cristiano disse...

Oi,Monique
Obrigada pela visita...

Adorei sua poesia...e tenho certeza que vc ainda vai viver novamente estes momentos..

Bjs

BRUNO LEONARDO disse...

Oi,linda

Espero que seu sonho do reencontro se realize.Muito bonita a poesia!

bjs

Aninha disse...

RJ 20h10
Noite agradável


Obrigada pela visita e pelo gentil comentário.

Seu texto é muito interessante e poético.Gostei muito!

Sucesso

Notas e Notícias disse...

A vida é assim msm. Entre indas e vindas nós devemos relembrar as boas coisas.

Abraço

Flavinha disse...

Adorei o texto!
Nem sempre o "fim" quer dizer que acabou!

David Nascimento disse...

A escrita fluiu em meus lábios. Gostei muito do que li, pela forma como escreveu e que correu em minhas veias... foi bom!